SPFW-ÚLTIMO DIA: MINHAS ESCOLHAS

 O último dia do SPFW foi muito luxuoso!

Belos e vaporosos vestidos, tramas interessantes, tecidos ricos, enfim, o dia mais “feminino” do evento.

Quem abriu o dia foi a UMA de Rachel Davidowiscz, que desfilou uma coleção baseada nas obras de Lygia Clark e chegou a incluir uma réplica da obra “A Casa é o Corpo” na passarela. Muita sobreposição, assimetria e estampas modernas inspiradas nas estruturas metálicas articuláveis criadas por Lygia para a série “Bichos”, deixaram a coleção interessante e contemporânea.






Inspirada nos azulejos portugueses, Helô Rocha da Têca apresentou um desfile com belíssimas peças, em tons de azul, branco e preto, foi realmente bem difícil escolher só dois looks em meio a tanta elegância. Gostei demais.





Já a R.Rosner levou o mundo encantado das princesas para a passarela, uma coleção dramática com muitos cristais, babados , tule, renda e plumas.





E Lino Villaventura encerrou o evento com um desfile exuberante, fazendo jus a identidade da marca. Ele não trabalha com inspirações, mas claro, existe harmonia nos seus desfiles. Dessa vez vimos muita riqueza nas roupas e acessórios, bordados belíssimos que adornaram peças que tiveram um mood medieval no início e oriental no fim do desfile.





Espero que tenham gostado da cobertura aqui do blog, como falei, procurei escolher looks usáveis de cada marca desfilada e resumir um pouco do tema de cada uma para vocês.



E na segunda-feira voltaremos com a programação normal, começando pela Consultoria de Imagem e a volta dos looks –quase- diários.
Beijos LLuxuosos!

Comentários